Discente: Isabel Noemi Campos Reis

Título da tese: Uma obra de arte vanguardista criada durante a repressão política e cultural das décadas de 1930 e 1940

Orientador(a): Martha Alkimin de Araújo Vieira

Co-orientador(a): Eduardo dos Santos Coelho

Ano da defesa: 2018

Páginas: 423

Resumo:

A tese apresentada tem como objeto de estudo a sede do Ministério da Educação e Saúde Pública - MES, construída entre as décadas de 1930 e 1940, durante a gestão de Getúlio Vargas (1930 - 1945), Presidente que concedeu a Gustavo Capanema a responsabilidade pelas pastas ministeriais referentes às políticas da Educação, Saúde [e Cultura] do Brasil (1934 - 1945); ministro este que teve como assessor Carlos Drummond de Andrade. A pesquisa realizada considera a importância de entrelaçar à área da Letras, o estudo da significação desta sede ministerial que foi edificada em estilo moderno, a partir de um projeto assinado por Lucio Costa e equipe constituída por Oscar Niemeyer, Affonso Eduardo Reidy, Jorge Machado Moreira, Carlos Leão e Ernani Vasconcelos. Pressupondo que a sede do MES – objeto de estudo desta tese – é uma realização que consagra um projeto estético de inovação da linguagem artística e arquitetônica brasileira, e reafirma questões referentes ao nacionalismo e à brasilidade propostos pelo modernismo brasileiro defendido, por exemplo, por Mário de Andrade e Oswald de Andrade, esta pesquisa propõe reflexões a respeito do significado do espírito da inovação e da emancipação de estéticas promovidas pela criação da sede do MES, no ensejo de que por meio desta construção, representações artísticas e arquitetônicas potencializaram diálogos críticos geradores de formas mais autônomas de se perspectivar o Brasil. Ao enfocar relações plurais que fizeram parte da construção da sede do MES, empreendimento que envolveu – em dimensões da política federal do Brasil – arquitetos, artistas, intelectuais, diplomatas etc, foram valorizadas nesta tese, intercomunicações que resgatam o valor das correspondências estabelecidas entre as décadas 1930 - 1940, via emissão de cartas e publicações de artigos em periódicos. Através de múltiplas interlocuções – muitas das quais realizadas em caráter público via periódicos – um arcabouço de ideias, valores, tensões e interesses diversos foi sendo deflagrado, construído, avaliado e expresso, suscitando interpretações que permitem a realização de perspectivações críticas a respeito de práticas que, nas décadas de 30 e 40 dialogavam com problemáticas entrelaçadas à política, educação, arte, ciência, cultura, arquitetura. As interações estabelecidas entre intelectuais da época envolvidos na construção da sede do MES foram assumidas como corpus teórico da Tese, bem como reflexões realizadas por artistas, escritores, arquitetos, críticos, diplomatas, historiadores em torno daquele prédio ministerial, do modernismo brasileiro e do contexto histórico / político. Vale, então, destacar Gustavo Capanema, Lucio Costa, Oscar Niemeyer, Le Corbusier, Afonso Arinos de Mello Franco, Mário de Andrade, Carlos Drummond de Andrade, Candido Portinari, Enrico Bianco, Antonio Bento, Annateresa Fabris, Eduardo Jardim de Moraes, Joaquim Inojosa, Eduardo Subirats, Pedro Duarte, Frederico Coelho, Roberto Segre, Lira Neto, Schwarcz, Starling, Schwartzman, Bomeny, Vanda Costa, Maurício Lissovsky, Paulo Sérgio Moraes de Sá, Paulo Knauss, dentre outros, como nomes que realizaram reflexões que muito ajudam a perceber e analisar os significados da sede do MES no momento da sua realização e na contemporaneidade.

Palavras-chave: Ministério da Educação e Saúde Pública; Palácio Gustavo Capanema; Modernismo brasileiro; Arquitetura moderna; Arte moderna; Brasilidade; Nacionalismo; Cultura brasileira.

Abstract:

The presented thesis has as an object of study the Office of the Ministry of Education and Public Health – MES constructed between the decades of 1930 and 1940 during the management of the president Getúlio Vargas (1930-1945) which conceded to Gustavo Capanema the responsibility for the ministries regarding Education, Health [and Culture] policies in Brazil; minister who had as consultant Carlos Drummond de Andrade. This research considers the importance of interweaving to the Language and Literature filed the study of the significance of this ministerial office which was edified in a modern style from a project signed by Lucio Costa and his staff, composed by Oscar Niemeyer, Affonso Eduardo Reidy, Jorge Machado Moreira, Carlos Leão and Ernani Vasconcelos. Assuming the MES office – object of study of this thesis – is a completion which reaffirms an aesthetical project of innovation of the artistic language and Brazilian architectonic, and also restates issues related to nationalism and Brazilianness proposed by the Brazilian modernism, defended, for example, by Mário de Andrade, this research proposes reflection regarding the meanings of the innovation spirit and the asesthetical emancipation promoted by the creation of the MES office, understanding that, through this construction, artistic and architectonic representations potencialized critical dialogues which engendered more autonomous forms of envisioning Brazil. While focusing on plural relations which were part of the construction of the MES office, enterprise which involved – in the dimension of Federal politics in Brazil – architects, artists, intellectuals, diplomats etc, were valued in this thesis, intercommunications which rescue the value of the correspondences reestablished between the decades 1930-1940, through the emission of letters and the publication of papers in academic journals. Through multiple interlocutions – many of which were exchanged publically in newspapers – a framework of ideas, values, tensions and diverse interests was being discovered, constructed, evaluated and expressed, evoking interpretations which allowed the realization of critical perspectives in respect of its practice, which in the 30’s and 40’s dialogued with issues interwoven to politics, education, art, science, culture and architecture. The interactions established between the intellectuals of the time involved in the construction of the MES office were used as the theoretical corpus of the thesis’ data basis, as well as the reflections carried out by artists, writers, architects, critics, diplomats, historians surrounding this ministerial building of the Brazilian modernism and the historical/political context. It is worth, then, to highlight Gustavo Capanema, Lucio Costa, Oscar Niemeyer, Le Corsbusier, Afonso Arinos de Mello Franco, Mário de Andrade, Candido Portinari, Enrico Bianco, Antonio Bento, Annateresa Fabris, Eduardo Jardim de Moraes, Joaquim Inojosa, Eduardo Subirats, Pedro Duarte, Frederico Coelho, Roberto Segre, Lira Neto, Schwarcz, Starling Schwartzman, Bomeny, Vanda Costa, Maurício Lissovsky, Paulo Sérgio Moraes de Sá, Paulo Knauss, among other names which carried out reflections which highly helped to notice and analyze the meanings of the MES Office in the moment of its production and in contemporaneity.

Keywords: Ministry of Education and Public Health; Gustavo Capanema Palace; Brazilian Modernism; Modern Architecture; Modern Art; Brazilianness; Nationalism; Brazilian Culture.

Coordenação

Coordenadora: Profª Priscila Matsunaga

Vice-coordenadora: Prof. Marcelo Jacques de Moraes

Contate-nos

O PPGCL tem sede no campus da Faculdade de Letras da UFRJ. Saiba nosso endereço clique aqui.

Endereço

Programa de Pós-graduação em Ciência da Literatura - PPGCL
Faculdade de Letras da UFRJ
Av. Horácio de Macedo, 2151
Sala F. 323
Cidade Universitária - CEP 21941-917
Rio de Janeiro - RJ

ATENDIMENTO AO PÚBLICO


Terça-feira e quinta-feira 9h às 13h

Quarta-feira 9h às 16h